Belém

A apenas 10 quilômetros de Jerusalém está uma cidade igualmente santa, Belém, onde nasceu Jesus, conforme aparece na Bíblia. Em Belém é possível seguir o caminho percorrido pelos pastores até a famosa manjedoura de Belém.

Na região da Cisjordânia está a cidade palestina de Belém, construída no sopé dos montes da Judeia e considerada cidade santa para duas grandes religiões. Os evangelhos cristãos apontam que Jesus nasceu em uma manjedoura em Belém, enquanto, para os judeus, Belém é a cidade onde está enterrada Raquel, uma das mulheres mais importantes da Torá, e onde o rei Davi foi coroado.

O que ver em Belém

  • Campo dos Pastores: a primeira anunciação do nascimento de Cristo foi feita a alguns pastores que descansavam em uma ladeira. Nesse lugar sagrado, conhecido como o Campo dos Pastores, foi levantada uma capela que celebra esse fato. Perto do templo está a gruta onde, de acordo com a Bíblia, aconteceu o nascimento.
  • Rua da Estrela: rua mais famosa de Belém, essa via marca o caminho traçado pelo três Reis Magos do Oriente seguindo a estrela até o presépio. Suas portas coloridas dão passagem a oficinas artesanais e comércios de todo o tipo.
  • Praça do Presépio: essa praça no centro de Belém é adjacente à famosa Igreja da Natividade e é uma das zonas mais visitadas da cidade. É animada o ano todo!
  • Capela da Gruta do Leite: outro dos templos mais famosos de Belém é esta capela, construída sobre a gruta onde Jesus, Maria e José se refugiaram do assassinato de crianças ordenado pelo rei Herodes. O lugar possui mosaicos bizantinos do século V, embora a igreja atual seja de 1872.
  • Muro de separação: embora não seja uma atração turística, muitos viajantes param em frente a esse grande muro de concreto de oito metros de altura que separam Belém de Jerusalém. A parede está cheia de pinturas reivindicativas, algumas do famoso artista Banksy.

Basílica da Natividade

Se há um momento de Belém que atrai a atenção de peregrinos e visitantes de forma geral é a Igreja da Natividade, construída sobre a famosa manjedoura de Belém. As dimensões e a decoração interior do templo são realmente espetaculares e transmitem um sentimento de grandeza e imponência.

O interior da igreja da Natividade é iluminado pela tênue luz dos lustres pendurados no teto. Tudo isso aliado às filas de gente esperando para visitar o presépio confirmam que essa igreja é um lugar muito especial.

A Gruta mostra o lugar onde, segundo a Bíblia, Jesus nasceu. Uma pedra com forma de estrela é o ponto exato do nascimento e todos esperam sua vez para tocar esse lugar sagrado. Com a chegada de fiéis de todas as partes do mundo, a gruta sempre se enche de cânticos, orações e inclusive oferendas.

Como ir de Jerusalém a Belém

  • Transporte público: da Estação Leste de Jerusalém (perto da Porta de Damasco) sai com bastante frequência o ônibus 21, que irá levá-lo ao centro de Belém. O preço é de séquel5 (US$1,50) e o trajeto pode chegar a ser de 45 minutos, dependendo dos controles de segurança feitos no dia.
  • Táxi: ir de Jerusalém a Belém de táxi é uma opção viável, já que há apenas 10 quilômetros de distância entre as duas cidades. O preço não é muito elevado, mas nem todos os táxis estão autorizados a cruzar a fronteira, por isso o melhor é perguntar ao motorista antes de subir.
  • Excursão organizada: a melhor opção é reservar um tour organizado de Jerusalém a Belém, já que você não terá que se preocupar com o transporte e contará com um guia que explicará todos os lugares históricos visitados.

Excursão

Você pode reservar a excursão de Jerusalém a Belém no seguinte link:

Importante

As autoridades palestinas podem pedir a documentação para autorizar a entrada a Belém. Lembre-se de ter o passaporte à mão.